Continuando:

A menina que queria ser feliz Parte Final


Para elas era o começo de toda a luta novamente quepassaram com sua mãe doente e isto provoca a ira do filho mais velho que parte para cima do pai.Seus irmão interferem e por fim seu pai sai novamente.

Marta fica estática vendo toda aquela cena e o que ninguém percebe é que em sua cabeça volta todos os problemas anteriores e agora ainda pior por ser uma recaída.

Os dias que se seguem são piores ainda pois ele seu grande amor,volta aquela vida de antes trazendo conseqüências muito mais graves do que antes.

Cada dia mais Marta demonstra sua piora,fica parada pensando no nada ou melhor,parecia ser nada.

Ela tem uma desconfiança do seu amor,acha que ele tem outra.Fica insegura quanto ao amor de todos para com ela e incansavelmente ela pergunta a todos"Você me ama?".

Isto assusta a todos principalmente sua mãe que sabe tudo o que já havia acontecido.

Todos os dias era a mesma ele chegava bêbado em casa e brigava com marta,sempre querendo bater nela,só não o fazia sempre porque seus filhos interferiam e muitas vezes a mãe de Marta estava com ela por ver sua piora.

Vão ao médico e ele diz que marta está com crise forte de DEPRESSÃO PSICÓTICA,e que era grave seu caso,podendo ter conseqüências serias se não tratada com todos os REMÉDIOS e CUIDADOS que ela precisava.

Ela precisava de MUITO AMOR e de MUITA COMPREENSÃO,para poder atravessar está fase.

Coitada,estava ai uma coisa que ela não tinha da pessoa mais IMPORTANTE da vida dela.Seu primeiro único e primeiro AMOR.

Ela vai perdendo a vontade de tudo,de fazer comida,limpar a casa,cuidar dos filhos e o pior,vai perdendo até mesmo a VONTADE DE VIVER.

Seu amor vai ficando ainda mais furioso sem entender a situação de Marta e acusa ela de ser preguiçosa e porca.

Ela cada dia pior,ele cada dia mais furioso,bêbado e com aparência de uso de drogas,tudo já está horrível até um dia em que ela sai a rua.

Qual surpresa ela tem quando vê passando uma mulher mais nova do que ela usando a jaqueta de seu amor.

Ela surta ainda mais,vai para casa e toma a decisão de resolver tudo.Mais não diz nada a ninguém de como quer fazer,um determinado dia ela começa a falar a todos que seu maior desejo é matar ele e se matar depois.

Todos ficam assustados pois ela já não estava mais em si,diziaouvir vozes vê vulto e que está seria sua única solução.

Sem ter animo de fazer nada em casa sua irmã Beatriz vai até lá para limpar sua casa,ajudá-la no que for possível,enquanto Beatriz está na cozinha limpando ouve um barulho estranho no quarto que faz seucoração parar e grita"Marta o que você está fazendo?"Quando ela vai até o quarto marta estava escondendo algo em baixo da cama e assustada diz que não foi nada que fosse da conta de sua irmã.Beatriz quando ouve isso abaixa-se e pega uma caixa em baixo da cama e para sua surpresa havia uma arma nela,era de seu cunhado.

Beatriz não acredita naquilo que vê e fica apavorada e grita com Marta,"Não acredito que você fez isso,pegar está arma e querer atirar em quem?Em mim?Eu limpando para você e Você faz isso comigo?"

Beatriz sabia qual era realmente a intenção de Marta mais não queria acreditar naquilo e nem deixar Marta perceber que ela estava assustada e preocupada com aquilo,tinha que passar para Marta total CONTROLE DA SITUAÇÃO.

Só assim Marta poderia acordar para o mundo real pois ela já não estava mais aqui,já estava fora de si totalmente.

Marta por sua vez começa a chorar e diz a sua irmã que não agüenta mais viver daquele jeito sem animo e sem forças para nada e que nem adiantava ela limpar a casa que ela não iria cuidar nem fazer mais nada,que só queria mesmo era sumir dali.

Beatriz a conforta e assim volta com ela (junto,pertinho dela) a fazer o restante da limpeza e depois conta ao cunhado o ocorrido e lhe pede para tirar aquilo dali,mais foi pior ainda ela ter feito isso.

Ela conta também a sua mãe para que possam todos com cuidado vigiar mais de perto tudo o que Marta fazia.

Seu cunhado que já não ligava para Marta,fica ainda pior com o ocorrido achando que quando estivesse dormindo Marta fosse matá-lo.

Com isso ele passa a dormir mais dias fora alem do que já ficava e Marta depois de ver aquela mulher com a jaqueta dele não tem mais duvida ele tem mesmo outra.

Mais a gota d'água de tudo foi ele gritar na cara dela que ele tinha mesmo e que ela era muito melhor do que Marta e muito mais bonita e limpa,já que marta não fazia mais nada em casa ele periferia muito mais ficar com a outra.

Bastou.Ela ficou totalmente transtornada sem falar nada e nem com ninguém,guardou seu sentimento,suas dores,suas iras e raivas consigo mesmo,era sempre assim,nunca falava de seus sentimentos com ninguém e agora é que não o faria mesmo,humilhada envergonhada,guardaria para sempre com ela tudo o que estava sentindo ali.

No dia seguinte uma vizinha sem saber de nada que se passava a chama para ir a feira e ela diz que vai pegar o carrinho e já a acompanha.

Mais ela demora no caminho e sua vizinha estranha e volta para ver o que aconteceu que ela demorava tanto.

Chama pela Marta em sua casa e ela não responde só que seu portão está fechado por dentro e a porta da cozinha aberta,então porque ela não abre?

Sua vizinha assustada vai chamar sua mãe que mora ali perto e quem correndo para casa de Marta.

Grita grita mais nada dela responder,então ela pede a um menino que ali passava temendo o pior,que pule o muro e abra o portão por dentro para ver o que está acontecendo pois marta poderia estar desmaiada caída precisando de ajuda.O menino pula o muro e olha para dentro da casa e vem correndo abrir o portão quando grita, "A senhora não vai gostar do que vai ver lá dentro".

Ela empurra o menino para o lado e entra correndo dentro de casa quando vê a PIOR CENA DE SUA VIDA.Marta estava pendurada com uma corda em seu pescoço,totalmente inerte,pálida,com um sorriso nos lábios,porem MORTA.


Sua mãe não acredita naquela cena que vê e começa a gritar com Marta para que ela acorde e desça dali,vai ao seu encontro tentando tira-la dali sem conseguir nem move-la,quando pessoas que passam ouvem os gritos entram se deparam com aquela cena e a seguram,pois já não havia mais nada o que fosse possível fazer por ela,já ERA TARDE.

Ela sai chorando desesperada sem saber o que fazer,liga para Beatriz e lhe conta o ocorrido,Beatriz que estava ali por perto vai correndo mais não acreditando no que ouviu e com esperança que desse tempo de socorrê-la.

Quando chega sua mãe está no portão chorando e só lhe diz "A Marta,a Marta".

Ela entra e toma o baque ao ver sua irmãzinha caçula,aquela pequenina dos cabelos cacheados com um sorriso lindo,aquela que encantava a todos com seu jeitinho meigo,ali daquele jeito e cai aos pratos só perguntando a Marta"Porque?Porque?".Depois foi só dor,ver tira-la dali,colocá-la naquele carro,e levá-la para longe e sem mais esperança de volta.


Não continua mais está História,mais a sua pode ser diferente.
Se você conhece alguem com depressão,leve a sério e ajude-a.

DEPRESSÃO É UMA DOENÇA E GRAVE!!!!!!

Angel Edições

5 comentários:

  1. Querida Amiga.
    Li toda sua postagem me custou muito foi chegar lendo até o final.
    Vi um fato real desses a cerca de 5 anos
    é a coisa mais triste que uma pessoa pode fazer com a vida.
    E tenho caso de envenenamento na familia foi triste demais.
    Fiquei muito feliz com sua visita uma feliz semana bjs meus.
    Evanir

    ResponderExcluir
  2. Depressão mata amada.
    Quantas saudade eu sinto de você
    amiga eterna amiga.
    Bjs no coração.
    Evanir

    ResponderExcluir
  3. Que você seja um grande empreendedor.
    Quando empreender, não tenha medo de falhar.
    Quando falhar, não tenha receio de chorar.
    Quando chorar, repense a sua vida, mas não recue.
    Dê sempre uma nova chance para si mesmo.
    Augusto Cury.
    Meu eterno carinho .
    Um feliz final de semana
    Viva a vida você tem obrigação de ser feliz.
    Viva com alegria cada segundo como se fosse o ultimo.
    Eu sou feliz a unica coisa que podera
    me abater é viver sem o carinho e sem amor.
    Esse carinho que recebo no blog.
    Da outro sabor na minha vida.
    Eu não preciso de nada sómente
    do seu carinho.
    Bjs,e Bjs.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  4. Amiga, li esta postagem e me entristeci mais ainda...A 17 anos eu sofro de um mal que os médicos chamam de depressão.....Porém eu não sei se realmente é isso...Eu sofro muito mesmo e ela se deu ao fato de um amor não correspondido..E eu sofro mesmo e sei que não adianta nada , palavras de profissionais no assunto essas coisas..São 17 anos sofrendo sem ter com quem dividir, ja pensei sim em diversas vzs acabar com tudo.. mas sempre algo acontece e não faço..Porém a 2 meses isso acabou tornando minha vida numa angustia muito grande parece que agora o peso dela em minha vida durante tanto tempo ta desabando agora, Estou sem forças, não saio, não como direito, não falo,não durmo direito, não quero nada a não ser ficar quieta em meu canto..Nunca tive com quem falar sobre isso,e agora talvez seja tarde, eu to tão cansada de tudo,são sentimentos demais , e eu não sei lidar com isso.Nunca falei com cara o que sinto por ele pessoalmente, mandei cartas e uma amiga tbm falou com ele, mas ele nem quis saber.Me mandou um recado bem simples'' DIGA E ELA QUE SE INSISTIR ELAS VAI VER COMIGO''... Essas foram as palavras dele..mas eu não consegui tira-lo da minha cabeça, isso ta me matando aos poucos, a cada dia morre um pouco de mim...Sei que meu tempo aki é curto, afinal tudo nessa vida cansa e eu ja cheguei no meu limite...

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela postagem! Passando para ver as novidades e deixar o desejo de um otimo fds. Bjs.

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentario.